“E o sertão continuaria a mandar gente pra lá [Sudeste]…homens fortes e brutos, valentes.”

Posted on 22 de outubro de 2009. Filed under: Entretenimento | Tags: |

Escritor de grande habilidade em fazer as emoções fluírem, o alagoano Graciliano Ramos gostava de usar períodos simples e expressivos para tornar paupável a nossa essência humana. Em suas descrições, parece até que estamos tocando os rostos rachados pelo sol e as mãos calejadas pela labuta dos camponeses. É inigualável a verve com a qual ele retratava a dor e a miséria dos nordestinos. Nenhum outro escritor retratou o nosso Nordeste com tamanha elegância. Na minha opinião, só comparo Cândido Portinari a Graciliano, quando o assunto é descrever a região nordestina. Em suas obras, podemos ver desde o declínio latifundiário até a questão da seca, passando pelos desmandos autoritários das das oligarquias. Vale à pena conhecer esse ilustre brasileiro, simples como seu povo, seco como a sua região!

Por: Axel Terceiro, colaborador do blog

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: